Jamaica-182-70
Digite para procurar um produto
  • Português
  • English
  • Español

Saiba quais são os sinais que indicam que seu carro está com problemas

É possível afirmar que o carro é uma máquina e ele precisa ser submetido a manutenção preventiva a fim de fazer com que ele funcione de maneira correta e evitar que os problemas apareçam de uma hora para outra.

Por isso, se você ainda não submete seu carro a manutenção preventiva, estar atento a alguns sinais que ele dá é fundamental, pois nem sempre ele vai evidenciar o problema de uma vez, algumas coisas vão acontecendo até que ele pare de maneira completa. Então, confira quais são esses sinais abaixo!

Painel com luzes acesas

O painel do carro pode ser visto como um termômetro, afinal é ali que estará evidente o que está acontecendo com a parte elétrica e mecânica do carro. Caso a luz do óleo acenda, é sinal de que a pressão do óleo pode estar baixa, e consequentemente não estará lubrificando internamente as peças que compõem o motor

Esse problema pode ser causado por diversas situações: nível baixo de óleo, óleo utilizado fora da especificação indicada pela montadora, e em casos extremos o motor carbonizado com borras de óleo que também causam o entupimento dos canais internos, bomba de óleo e pescador do motor levando a um desgaste precoce.

Usar o carro com a luz acesa significa colocar o motor do seu carro em risco. Outras luzes que estão acesas no painel podem fazer com que o carro pare de forma inesperada e isso gera um custo elevado na manutenção.

Motor apresentando falhas

Quando o motor começa a falhar de uma hora para outra ou o motorista nota que o carro está sem força, pode ser que o motor não está queimando o combustível de maneira adequada.

Esse problema pode ser motivo por diferentes fatores como:

  • Bicos injetores sujos
  • Bobinas com desgaste
  • Velas
  • Cabos
  • Combustível adulterado

Para resolver a situação é fundamental buscar uma oficina mecânica de confiança o quanto antes como forma de verificar se algum componente sofreu algum tipo de dano. A medida é importante para sanar os problemas com rapidez a fim de evitar situações mais graves.

Ruídos

A regra diz que os componentes do automóvel não foram desenvolvidos para que eles emitam ruídos que sejam estridentes quando estão funcionando de forma correta. Mas, quando eles aparecem, o motorista precisa prestar atenção a algumas situações como:

  • Ao pisar no freio e aparecer um som metálico ou estridente
  • Ao passar por obstáculos e ouvir algum tipo de rangido
  • Ao rodar, ficar ouvindo de forma insistente roncos ou estalos

Volante tremendo

Quando o volante começa a tremer, também é preciso estar atento, pois os pneus podem estar com problemas ou as rodas não estarem alinhadas e ou com o devido balanceamento.

Contudo, os problemas não param por aí, pois essa situação pode indicar que os componentes do sistema de direção, suspensão estão desgastados ou é preciso verificar se a suspensão ou o conjunto que é formado por rolamento e cubo de roda estão com problemas.

Direção puxando

Ainda na direção, pode ser que ela comece a “puxar” para a direita ou a “esquerda”, isso significa que é hora de levar o carro para revisar a suspensão em seguida o alinhamento. O motivo disso é o desgaste dos componentes da direção e da suspensão, ou ainda, pelo impacto que as rodas sofrem em contato com o meio-fio ou com os buracos.

Com essas dicas, esperamos te ajudar a manter o seu carro sempre bem cuidado, pois a manutenção preventiva é sempre mais vantajosa que a corretiva.

+ links Jamaica